Home / CIDADE / Fala, Português! – “Muita picuinha!”
fala portugues - muita picuinha

Fala, Português! – “Muita picuinha!”

Numa ótima iniciativa, elogiada exaustivamente por todos, a Prefeitura Municipal de Assis decidiu usar a verba destinada ao carnaval, recusada inteligentemente pela diretoria da Escola de Samba Unidos da Vila Operária, na locação de um imóvel para hospedar pacientes com câncer em tratamento na cidade de Jaú.

Parabéns!

Semanas atrás, um amigo esteve visitando a casa, localizada estrategicamente nas imediações do hospital onde os pacientes são atendidos.

Tudo muito bonito, limpo e aconchegante, mas ainda faltam alguns equipamentos, móveis, utensílios, material de limpeza, talheres e outros produtos para cozinha e até mesmo quartos. Fato totalmente normal numa casa recém montada.

Por nossa sugestão, foi perguntado à responsável que tipo de ajuda a comunidade assisense poderia prestar para o melhor funcionamento da ‘Casa de Acolhida’, como está sendo chamado o ponto de apoio.

Uma lista nos foi enviada: Faltavam, no final de junho, os seguintes produtos: 30 metros de mangueira para lavar o quintal, lixeira grande, cordinha para varal, prendedores de roupas, escovinha de lavar roupas, ferro e tábua para passar roupas. Armário com chave para dispensa, freezer, dois armários de balcões com portas e gavetas pra cozinha e sala de jantar, mesa pequena pra cozinha, toalha pra mesa, bandeja para garrafa de café, garrafa térmica para chá, liquidificador, espremedor de laranja, tupperwares pequenos e médios, panela de pressão, panelas pequenas e médias, panos de prato, colher de arroz, escorredor e pegador de macarrão, luvas, toucas, relógio de parede, lixeiras para os banheiros e cozinha, talheres, lençóis de cama, facas de cozinha e tábua de carne, além de uma relação de mantimentos e produtos de limpeza e higiene.

Pois bem, nossa pretensão era realizar uma campanha junto à comunidade para cooperar.

Curiosamente e estranhamente, cheirando picuinha política, o prefeito e seus assessores criticaram a divulgação da lista. Pior: nos acusaram de mentir sobre essas necessidades.

Esqueceram que até o portal da Secretaria Municipal da Saúde havia publicado a relação pedindo ajuda da comunidade.

Alertados ou pressionados, decidiram tirar a publicação do ar.

Oras, caro prefeito e senhores assessores, não se faz picuinha política com saúde e solidariedade.

Deixem de orgulho e mesquinharia.

Agradeçam a Deus e à comunidade por querer contribuir com a causa.

fala portugues - muita picuinha

Reinaldo Nunes (Português) é radialista, jornalista, bacharel em Direito, professor e ex-vereador

Veja Também

ame libras

Colaboradores do AME concluem curso de Libras

No sábado, dia 10 de agosto, aconteceu o encerramento do curso de Libras (Língua Brasileira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *