Juízes e promotores se mobilizam para evitar fechamento de Zona Eleitoral de Assis

Uma norma do Tribunal Superior Eleitoral pode resultar no fechamento de uma das duas Zonas Eleitorais de Assis.

“O risco existe”, admitiu o Juiz Eleitoral, Adugar Quirino do Nascimento Souza Júnior, em entrevista ao repórter Reinaldo Nunes, na tarde desta quinta-feira, dia 22 de junho.

Para evitar o fechamento, representantes do Poder Judiciário e membros do Ministério Público Estadual da Comarca de Assis se reuniram nos últimos dias e, conjuntamente, elaboraram um documento remetido ao Tribunal Regional Eleitoral. “Fizemos um estudo com base nos critérios estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral visando manter as duas Zonas Eleitorais em funcionamento, mas com uma nova divisão de eleitores”, explicou o magistrado.

Pela proposta, que já está sendo analisada pelo Tribunal Regional Eleitoral, uma das Zonas Eleitorais atenderia aos mais de 70 mil eleitores apenas do município de Assis enquanto a outra Zona Eleitoral receberia os eleitores das cidades de Tarumã, Echaporã  Florínea, que já são atendidas nos dois cartórios eleitorais de Assis há décadas.

“Nossa proposta tem como principal objetivo evitar que os eleitores dessas cidades tenham prejuízo”m justificou.

Agora, com o estudo elaborado e encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral, os juízes e promotores de Assis esperam que a sociedade e as autoridades dos municípios afetados com a possibilidade de fechamento de uma das Zonas Eleitorais da Comarca também se mobilizem e encaminhem moções de apoio à proposta apresentada com a nova divisão de atendimento dos eleitores nas duas Zonas Eleitorais em atividade.

adugar nascimento

Juiz Eleitoral Adugar Nascimento admite: “existe risco de fechamento de uma Zona Eleitoral”

Check Also

939 – Três sepultamentos em Assis neste dia 28 de fevereiro

Há três sepultamentos programados para esta quarta-feira, dia 28 de fevereiro, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta