Público lota a Câmara; sessão é suspensa

A sessão da Câmara Municipal de Assis foi suspensa por 15 minutos pelo presidente Eduardo de Camargo Neto.

Não cabe mais gente na galeria. Pessoas usando nariz de palhaço e segurando cartazes e faixas protestam contra o Projeto de Resolução que pretende criar 15 cargos de assessor parlamentar com salário de R$ 3,4 mil.

O projeto é de autoria dos vereadores Eduardo de Camargo Neto, Chico Panela, André Borracha e Timba, membros da Mesa Diretora do Poder Legislativo.

Sete vereadores já anunciaram que votarão contra o projeto, mas para ser rejeitado são necessários oito votos.

Policiais militares acompanham a movimentação no lado externo do prédio da Câmara, onde há centenas de pessoas que não conseguiram entrar.

pressao 2

Não cabe mais pessoas na galeria da Câmara

 

Veja também

A115 – Assis é campeã invicta no vôlei feminino nos Jogos da Melhor Idade

Terminou em festa para Assis a disputa do título do vôlei feminino, categoria 70 anos, …

Deixe uma resposta