Sepultamentos nesta segunda-feira, dia 8 de fevereiro, em Assis

Há um sepultamento programado segunda-feira, dia 8 de fevereiro, no Cemitério Municipal da Saudade, em Assis.

O advogado e analista da Justiça Eleitoral do Paraná Carlos Henrique Camargo Pereira, de 42 anos de idade, que morreu em acidente rodoviário na região de Guaratuba, litoral paranaense, deverá ser sepultado no período da tarde. O horário do sepultamento ainda não foi marcado pela família, que mora na rua dos Comerciários, 511, no Jardim Paulista, em Assis.

O corpo está sendo transladado e só deve chegar no final da manhã ou início de tarde em Assis, para ser velado na sala Vip do Centro Funerário São Vicente, na avenida Abílio Duarte de Souza.

Carlos Henrique Camargo Pereira era graduado em Direito pela Universidade Estadual de Londrina e especialista em Direito e Processo Penal pela mesma instituição. Formado pela Fundação Escola do Ministério Público do Paraná, pós-graduado no curso de Formação de Professores para a Educação Superior Jurídica pela Anhanguera LFG, também era pós graduando no MBA de Gestão Pública: Políticas e Gestão Governamental pela Escola Paulista de Direito. Advogado e procurador geral adjunto em Londrina-PR, atuava como analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, desde dezembro de 2007. Chefe da 8ª Zona Eleitoral do Paraná, com sede em São José dos Pinhais, desde de 2014.

Outro velório marcado para esta segunda-feira, dia 8 de fevereiro, no Centro Funerário São Vicente, na sala 1, é o de José Carlos Cunha, de 60 anos de idade, morador da rua Padre Davi, 265. Ele morreu em São Paulo e o corpo está sendo transladado para Assis, mas ainda será levado para Londrina, onde será cremado.

Na vizinha cidade de Cândido Mota, às 9h30, será sepultado Gabriel Leite da Silva, de 29 anos, assassinado na tarde de domingo com dois tiros, no Conjunto de casas populares.

 

 

 

Veja também

A200 – Sepultamento em Assis neste dia 9 de julho

Há um sepultamento programado para esta terça-feira, feriado de 9 de julho, no Cemitério Municipal …

Deixe uma resposta