Polícia em alerta: quadrilha ataca carro forte perto de Marília

Policiais militares e rodoviários da região de Marília, incluindo Assis, estão em alerta.

Por volta das 21 horas foi registrada uma tentativa de assalto a um carro forte da empresa Protege. O ataque ocorreu, segundo o portal de notícias Visão, de Marília, na rodovia SP-294, próximo ao trevo de Gália. A estrada chegou a ser isolada e foi registrado congestionamento, com trânsito parado no sentido Marília – Bauru.

O carro forte permanece isolado, aguardando a chegada dos policiais especializados em bombas Os criminosos não teriam conseguido explodir o veículo em razão de as dinamites falharem.

Um fuzil calibre 762, além de grande quantidade de munição (deflagrada e intacta), teria sido abandonada pelos criminosos e apreendida pelos policiais.

O motorista do carro forte seguia pela rodovia quando percebeu um caminhão logo atrás, com a luz alta, mas não fazia a ultrapassagem.

Depois de alguns minutos, segundo ele, fez a manobra e chegou a “jogar” a traseira. Em seguida, surgiram mais três veículos que cercaram o carro forte, iniciando o tiroteio.

Pelo menos cinco assaltantes atiraram contra o veículo de valores e colocaram dinamites, com objetivo roubar os malotes após a explosão. Quando viram a fumaça dos detonadores, os vigias abriram as portas e correram para se proteger.

Ao perceber que os explosivos não detonaram, os assaltantes fugiram, sem levar os malotes com o dinheiro.

Os assaltantes, segundo a polícia, possivelmente utilizaram uma estrada municipal ou mesmo vicinal ma fuga.

Equipes da Polícia Rodoviária Estadual e também da Força Tática foram acionados.

Os carros usados pelos criminosos seriam uma Duster prata, uma Land Rover da mesma cor e também um Fiorino branco.

9 de abril crime

Os tiros de fuzis atingiram o carro forte

Informações e foto: Visão Notícias/Marília

Check Also

922 – Polícias Civil e Federal realizam operação conjunta

A Polícia Civil do Estado do São Paulo e a Polícia Federal deflagraram, na madrugada …

Deixe uma resposta