EXCLUSIVO: Hospital Regional pode não ser mais ‘referência regional’ para Coronavírus

Pode estar havendo mudança de planos no atendimento aos pacientes infectados com Coronavírus na região.

O Hospital Regional de Assis, anunciado como porta de entrada aos pacientes suspeitos ou infectados com o vírus COVId-19 não deverá mais ser ‘referência’ da região para esse tipo de atendimento, principalmente nos casos mais graves.

Uma informação recebida pelo JSOLJornal da Segunda On Line– é que por ser credenciado como Unidade de Oncologia, o Hospital Regional, “segundo critérios técnicos”, estaria impedido de também prestar esse atendimento.

O JS apurou que, desde a semana passada, o assunto vem sendo tratado em reuniões com secretários municipais de saúde, mas que, até o momento, o debate não tinha se tornado público, talvez temendo críticas aos gestores.

O Jornal da Segunda ainda apurou que, nos casos de pacientes do Coronavírus com maior gravidade, seriam disponibilizados cinco leitos na Santa Casa de Paraguaçu Paulista e quatro leitos na Santa Casa de Assis.

Os casos chamados de ‘intermediários’, com menor gravidade, também seriam atendidos nestas mesmas unidades de saúde de Paraguaçu Paulista e Assis, além de Palmital e Cândido Mota.

Nesta segunda-feira, dia 6 de abril, uma nova reunião por vídeo-conferência deverá retomar o assunto para concluir o modelo de atendimento aos pacientes infectados com o COVID-19 na região de Assis.

19 mar regional

 

Veja também

A212 – Um sepultamento em Assis neste domingo, 14 de julho

Há um sepultamento programado para este domingo, dia 14 de julho, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta