Com três anos de atraso, creche do Parque Bambu é inaugurada

A Escola Municipal de Ensino Infantil ‘Paulo Mattioli’, localizada no Parque Bambu, construída com recursos estaduais e uma pequena contra-partida do município, iniciada na gestão do ex-prefeito Ricardo Pinheiro Santana, do PSDB, foi inaugurada oficialmente na manhã desta quinta-feira, dia 21 de março.

Mesmo com tantos discursos e dezenas de convidados curiosos, observando as novas e modernas instalações, o atendimento nos berçários e salas de acolhimento ocorreu normalmente na unidade escolar durante toda a cerimônia.

O convite para a inauguração, divulgado no portal oficial da Prefeitura no início da semana, omitiu, esqueceu ou preferiu não informar a origem principal dos recursos para a execução da obra. Dizia a nota: “A Prefeitura de Assis, através da Secretaria Municipal da Educação, inaugura nesta quinta-feira, 21, às 9h, a EMEI Paulo Mattioli, no Parque Bambu. Recém-construída, a escola já está funcionando desde 11 de fevereiro de 2019 e atende crianças de 0 a 5 anos do Ensino Infantil.

O local dispõe de infra-estrutura moderna, com salas amplas para comodidade e segurança dos alunos.

Toda a população é convidada a participar do evento, que acontecerá na Rua Youssef Saliba Sabeh, 202”, finalizava o comunicado.

No entanto, a demorada solenidade, que teve início pouco antes das 9h30 e terminou só por volta das 11 horas, em razão da grande quantidade de oradores e o tempo dos discursos, contou a presença de um representante do Governo do Estado de São Paulo, Leandro Damy e da Dirigente Regional de Ensino, professora Marlene Barchi.

Dirigentes da Educação estadual, da Câmara Municipal, da Prefeitura, da própria creche, além de familiares e amigos dos homenageado, como o médico João Marcelino, se revesaram no uso do microfone após a apresentação de um repertório da Banda Municipal, execução dos hinos nacional e municipal e a fala de uma pastora evangélica, que orou pedindo para que o local fosse ‘santificado’. Diferente de outros eventos, o cerimonial, desta vez, não contou com participação de um representante da igreja católica.

A creche, denominada Professor ‘Paulo Matiolli’ por conta de uma lei de autoria do ex-vereador ‘Bentinho do Bar’, no Parque Bambu, teve investimentos de R$ 1.620.229,74 do Fundo Estadual para Desenvolvimento da Educação. Num video, o prefeito José Fernandes, do PDT, anunciou uma contra-partida do município de cerca de R$ 600 mil. Com obra iniciada em 18 de maio de 2015, na Administração do ex-prefeito Ricardo Pinheiro Santana, do PSDB, a creche já deveria estar concluída e funcionando há quase três anos, em maio de 2016, quatro meses antes das eleições municipais, o que, por motivos de atraso no planejamento e execução, demorou quase três anos.

No começo de fevereiro deste ano, a Prefeitura chegou a agendar a inauguração da creche para o dia 15 daquele mês, mas, segundo informações extra-oficiais, como a Secretaria Estadual da Educação não tinha sido informada sobre o cronograma de inauguração, ‘por precaução’, a Prefeitura teria decidido adiar a entrega do espaço.

A nova creche começou a funcionar com cerca de 80 crianças matriculadas, mas a capacidade total, segundo a diretora Kátia Inês da Silva Andrade, é para receber um total de 140 crianças.

creche bambu - parquinho

Interior da creche no Parque Bambu

Reprodução: Portal da P.M.A.

Check Also

936 – Sepultamento em Assis neste dia 27 de fevereiro

Há um sepultamento programado para esta terça-feira, dia 27 de fevereiro, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta