Assis terá sua Parada LGBT neste domingo

Acontece neste domingo, dia 10 de setembro, com concentração às 15 horas, em frente à Biblioteca Municipal dona Pimpa, ao lado da Catedral, e shows a partir das 18 horas, no espaço André Francisco de Assis “Beleco”, ao lado da Praça da Bandeira, a V Parada LGBT de Assis.

A Comissão Organizadora do evento divulgou uma nota à imprensa convidando a população a participar da atividade. Leia:

“Nós, da Comissão Organizadora da V Parada LGBT de Assis, vimos, com muita alegria, convidar toda a população assisense e cidades adjacentes para participar dessa festa e importante ferramenta política que acontecerá no dia 10 de setembro de 2017.

Só no ano de 2016 foram assassinadas 389 pessoas LGBTs, segundo dados da ANTRA (Associação Nacional de Travestis e Transexuais). Nesse contexto, escolhemos como tema disparador de nossa parada: RESISTIR PARA EXISTIR. Dentre nossas lutas, a visibilidade destas frágeis questões é da ordem da emergência. Em razão disso, é que estamos organizando este eventoa fim não apenas de resgatar a história das outras edições, mas também marcar o cenário atual da cidade de Assis que conta com uma significativa parcela da população que enfrenta questões ligadas ao exercício de suas sexualidades e/ou de suas identidades de gênero. E que esse dia sirva para nós LGBTs Assisenses que nascemos ou mesmo que vivemos aqui nos organizemos para reivindicar nossos direitos.

Desse modo, tal instrumento político serve para que a nós, LGBTs assisenses, atuais e futuros residentes, conquistemos direitos civis, políticos e sociais para, somente assim, sermos vistos e vistas como cidadãos e cidadãs, de fato. Não lutamos por privilégios, mas sim para que todas as pessoas LGBTs tenham acesso à saúde, educação, cultura, segurança de modo equânime e de qualidade. O não atendimento ao nome social em postos de saúde, abordagens policiais rotineiras e nos bancos escolares, bem como o não reconhecimento de outras violências específicas contra essa população como sanções físicas e psicológicas contra casais de homossexuais ou trans, caracterizam não apenas a trans/lesbo/bi/homofobia, mas constituem exemplos de ações cotidianas que estigmatizam e marginalizam aquelas e aqueles que demonstram qualquer inconformidade com os binarismos de gênero ou com a heterossexualidade e os seus modelos de comportamento.

A concentração acontecerá em frente à Biblioteca Municipal a partir das 15 horas, e contará com trio elétrico que subirá a avenida Rui Barbosa até a praça Walter Mansolelli (Praça da Bandeira), onde acontecerá a finalização da Parada (prevista para começar às 18 horas) com as seguintes atrações artísticas: Bandas Isso e as Biscates e As Dedilhadas; DJs Tinho Ziborde, Well Yanke, Paula Silvém a presença da bateria da Unesp “B.O teria” e com uma performance de Andressa Gold de Presidente Prudente.É importante frisar que o evento está sendo custeado com a parceria de seus patrocinadores e a dedicação de seus/suas organizadores/as,” finalizam.

louca de birita

Thiellyd Moon deve ser uma das atrações no palco da Parada LGBT em Assis

Veja também

A222 – Sepultamentos em Assis neste dia 20 de julho

Há dois sepultamentos programados para este sábado, dia 20 de julho, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta