Após CEI da ‘fábrica de multas’, prefeito muda a JARI

Entre as inúmeras irregularidades apontadas no relatório final da Comissão Especial de Inquérito, instaurada pela Câmara Municipal de Assis  para apurar a denúncia da “fábrica de multas” na cidade, foi apontada falha na composição da Junta Administrativa de Recurso de Infrações -JARI-. Agora, o prefeito José Fernandes, do PDT, acaba de editar o decreto 7.787, de 22 de fevereiro de 2019, anunciando uma nova formação do órgão para corrigir o erro.

Segundo o presidente da CEI, Carlão Binato, e o relator João da Silva Filho (Timba), a antiga formação não respeitava o critério de paridade, havendo mais representantes da Prefeitura Municipal.

De acordo com o decreto, publicado no Diário Oficial do Município de Assis, edição 2.814, de 27 de fevereiro, os novos membros passam a ser: Demerval Garcia Araújo (titular) e Emerson Rodrigues Otênio (suplente) como representantes indicados pelo prefeito municipal; Everaldo Cesário Pinto (titular) e Paulo Sérgio Anastácio (suplentes) indicados pelo Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Assis e ainda os advogados Marcelo Hashimoto e Francielle Cristina Bonilha representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Assis.

nova jari

Diário Oficial publicou nova composição da JARI

Veja também

A132 – URGENTE – Acidente com vítima fatal no centro da cidade

Mais um acidente de trânsito com vítima fatal. Desta vez no centro de Assis, na …

Deixe uma resposta