688 – Em reunião com empresários, prefeito anuncia sua candidata à sucessão e ataca ‘máfia’ e ‘oposição’

Mesmo estando a oito meses do início do período das convenções partidárias, que definirão os candidatos a prefeito e vereador das eleições municipais de 2024, o prefeito de Assis, José Aparecido Fernandes, tem realizado reuniões para anunciar e, de forma velada, pedir apoio à secretaria municipal da Saúde, Cristiane Bussinati, que ele decidiu lançar como candidata a sucedê-lo.

Neste final de semana prolongado, numa loja de conveniência de uma empresa de venda de combustíveis, Fernandes e Cristiani, acompanhados do vice-prefeito Aref Sabeh, alguns comissionados da Prefeitura, e do vereador Rogerinho Nascimento, além do ex-presidente da FEMA, Arildo José de Almeida, fizeram uma reunião que a oposição já se movimenta para ir à Justiça Eleitoral alegando propaganda antecipada.

Com um traje esportivo, vestindo bermuda e camiseta, e calçando sapatênis, Fernandes discursou como se estivesse em um palanque, com direito a ataques à oposição.

Num vídeo que passou a circular nas redes sociais, gravado por um dos participantes do encontro, Fernandes começa se auto-elogiando: “O sucesso da nossa administração é porque estamos cercados de pessoas boas”.

Prefeito, ladeado por Aref Sabeh e Cristiane Bussinati

MÁFIA – Depois do momento ‘eu me amo’, Fernandes iniciou os ataques: “Em primeiro lugar, porque nós tiramos as máfias que existiam na Prefeitura, que sangravam os cofres públicos. Isso nós fizemos”. No entanto, medroso, ou por não ter provas, não detalhou ou nominou quem seriam os mafiosos.

“Ao longo do tempo, nós fomos libertando dessa gente (os mafiosos). Trabalhamos com orçamentos de vinham lá de trás (antecessores) e graças a Deus, fomos nos emancipando de todo mundo. Com muito trabalho. Com muito carinho e muita dedicação”, disse.

MULHER – Para justificar sua escolha de uma mulher como candidata a prefeita, Fernandes disse: “E por quê uma mulher? De forma muito clara, desde o começo, nós colocávamos lá, aos nossos secretários e secretárias, que faríamos pesquisas. E todas as pesquisas que fizemos, nós abrimos para todos os secretários no gabinete e, em todas as pesquisas, aparecia a Cris (secretária da saúde Cristiane Bussinati) como a mais recomendada em termos de opinião pública, pelo trabalho que ela estava fazendo, pela personalidade que ela tem e pela coragem que ela tem”, enalteceu.

Fernandes continuou: “Segundo aspecto. Por quê uma mulher a gente vai apoiar? Porque o segredo do nosso governo também foi pelas mulheres. Porque dos orçamentos da Prefeitura, 80% é gerenciado (sic) pelas mulheres. A pasta da Cris (Saúde), a pasta da Dulce (Educação), a pasta da Ana Paula (Agricultura e Meio Ambiente). As mulheres fizeram a diferença na nossa gestão. Pela transparência, pela coragem e pela determinação”, completou.

“Nós estamos muito felizes, porque contamos com forte indicação e apoio popular pelo trabalho da Cris. A Cris revolucionou tudo. Estaremos inaugurando, nos próximos dias, uma central municipal de medicamentos. Um CAPS AD -Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas)-, que a vida inteira se falou e nós construímos, mais três unidades de saúde e ampliamos três Programas Saúde da Família. Criamos o Centro de Estimulação aqui, na avenida Félix de Castro, que é o único no interior de São Paulo e a Cris estava à frente de todos esses projetos. Então, nós não temos dúvida que estamos abraçando alguém que possa dar continuidade ao nosso trabalho”, defendeu.

ATAQUE – Na sequência, com Cristiane Bussinati ao seu lado, que, silente, ouvia tudo com sinal de aprovação, o prefeito atacou a oposição, também sem citar nomes: “A cidade não pode retroceder. Nós conhecemos quem tá do lado de lá. Nós não temos medo de falar. São pessoas que não têm compromisso com a nossa cidade. Têm compromisso com o seu umbigo. E, nós, não vamos deixar. Enquanto nós tivermos forças e energia, nós vamos estar trabalhando e dizendo pra população o ‘boom’ que a cidade vive hoje. Outro patamar que Assis vive hoje não podemos deixar retroceder”, e finalizou, perguntando ao seu vice-prefeito Aref Sabeh: “Não é isso ‘seo’ Aref?, que respondeu, monosilabicamente “É!”.

O vídeo termina com os convidados, sentados, de forma tímida, aplaudindo.

Parte dos convidados no encontro com o prefeito

Veja também

A111 – Vereador pede cancelamento de torneio de pesca após derramamento de esgoto em lago

Na manhã de quinta- feira, dia 16 de maio, atendendo solicitação de moradores da vila …

Deixe uma resposta