555 – Após negar pedido da APRUMAR para expulsar famílias de área ocupada, Justiça marca audiência de mediação para dia 26 de setembro

A diretoria da APRUMAR, representada pela sua presidente, a secretária Luíza Pereira Nunes, e pelo vice-presidente, o radialista Pedro de Fauto Andrade, o ‘Pingo D’Água’, e algumas famílias sorteadas pelo prefeito José Aparecido Fernandes, em 2017, para receber suas casas no Residencial APRUMAR, estarão frente a frente numa audiência judicial de mediação marcada para a próxima terça-feira, dia 26 de setembro, às 14 horas.

Em edital publicado na imprensa, a juíza Giovana Aparecida Lima Maia intimou os representantes das famílias que ocuparam a área.

“Estamos, ansiosamente, aguardando essa audiência. Teremos, pela primeira vez, a oportunidade de cobrar, judicialmente, as casas sorteadas, há seis anos, pelo ex-presidente de APRUMAR e prefeito José Aparecido Fernandes e que até hoje não foram construídas”, disse Flávia Aparecida Batista, presidente da AMHAR – Associação do Movimento Habitacional de Assis e Região. Ela é uma das 239 pessoas sorteadas para ter seu imóvel no Residencial APRUMAR.

Prefeito José Fernandes sorteou as casas seis anos atrás

LAVOURA – A audiência na Justiça Federal também será uma oportunidade de as famílias denunciarem o plantio ilegal de soja e milho durante cinco anos na propriedade financiada junto à Caixa Econômica Federal com a finalidade exclusiva de moradia.

Famílias ocuparam a área em fevereiro para cobrar as casas prometidas

Veja também

A206 – Dois sepultamentos em Assis neste dia 11 de julho

Há dois sepultamentos programados para esta quinta-feira, dia 11 de julho, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta