Home / CIDADE / Após eliminação, divulgação de vídeos de jogadores do Assisense causa repercussão
abner

Após eliminação, divulgação de vídeos de jogadores do Assisense causa repercussão

Nem bem o Clube Atlético Assisense foi eliminado da Copa São Paulo de futebol júnior na tarde desta quinta-feira, dia 9,  um outro assunto ganhou proporções gigantescas da situação do clube fora dos gramados.

Um vídeo, supostamente gravado pelo ‘cunhado do jogador Abner’, denunciou a falta de alimentação adequada na véspera do jogo decisivo contra o Atlético Goianense.

As imagens teriam sido gravadas no alojamento da equipe no início da noite de quarta-feira, dia 8 de janeiro.

O primeiro que aparece no vídeo é o próprio lateral e meio campista Abner.

Perguntado sobre o que estava achando da comida, respondeu: “Não dá não. Precisamos de um carboidrato pra ‘pegada’ de amanhã (jogo contra o Atlético Goianense). Não tem uma mistura. É complicado!”, reclamou.

Na sequência, as imagens mostram um outro jogador com um prato à mão só com tomate. “Como é que classifica amanhã? Responde pra mim”, questiona o autor do vídeo: “Comendo tomate”, resumiu o atleta.

Logo em seguida, caminhando pelo alojamento, o autor do vídeo exibe cenas de uma mesa com um saco plástico contendo maçãs e perguntando a outro jogador: “O que você me fala. Véspera de jogo, uma salada com arroz e mais nada pra comer?” e a resposta: “é fod*. A gente comendo maçã de janta”, diz ele, e sai sorrindo.

Aparentando claramente também ser jogador, o autor do vídeo comenta: “Os caras (diretoria) querem cobrar classificação e resultado. A gente dá resultado de 5 a 0 (vitória contra o Dimensão Alagoas), mas está todo mundo ‘brocado’, ‘comendo reboco de parede'”. Nesse momento, antes do vídeo ser interrompido, surge uma voz de algum outro atleta falando um palavrão, enquanto outros três jogadores estão aparecem na imagem comendo maçãs”.

O vídeo viralizou nas redes sociais na noite de quinta-feira, logo após o time ter sido goleado pelo Atlético Goianense por 4 a 0 e eliminado da Copa São Paulo de futebol júnior.

Na manhã desta sexta-feira, no programa Acorda Assis, na rádio Interativa FM, logo após o áudio desse vídeo ser reproduzido, o diretor do Atlético Assisense e advogado, José Roberto Prado, entrou em contato com a produção para dizer que o vídeo “não tem fundamento”.

Iniciou o diretor: “Esse vídeo foi gravado na quarta-feira à noite, na hora da janta. Eu estava lá, como tenho estado todos os dias praticamente e nesse dia eu acabei jantando lá com os jogadores”, explicou.

Prado continuou reafirmando que “não procede essa informação de que não tem comida (no alojamento). Pelo contrário: está sobrando comida todos os dias. Tem carne todos os dias. Tem fruta todos os dias. Estou alertando, porque esse vídeo não procede, tanto que dá pra perceber no vídeo que é uma armação. O menino que vai falar, acaba dando risada. E alguém, com muita maldade, acabou aproveitando da situação”, sem acusar quem  teria sido maldoso.

O diretor foi adiante e insistiu: “Essa informação (que falta comida) não procede” e finalizou informando que na quarta-feira teve um culto evangélico: “Tinha o pai de um menino, que é de fora, e é pastor, que estava junto. Nós acabamos jantando junto e não tem fundamento”, repetiu.

Além do próprio depoimento, o diretor fez questão de encaminhar um outro vídeo gravado, onde aparecem cerca de 10  jogadores do Assisense, perfilados no alojamento.

Na gravação, endereçada aos torcedores do Assisense, apenas o lateral e meio campista Abner fala em nome do grupo: “A gente reuniu nossos jogadores pra falar sobre o vídeo que está circulando na cidade. É um pouco desagradável, porque não foi isso que aconteceu”, iniciou.

E continua: “Basicamente, a gente chegou e estava sem mistura quando o presidente (Fabinho Melo) chegou para trazer as coisas (alimentos) e o senhor Divino (cozinheiro) começou a fazer. Teve ovo. Teve bife. Teve arroz e feijão e salada. A gente comeu normal. No vídeo está falando que a gente está sem mistura, mas não é isso. Tanto que na hora em que foi filmado, nem as panelas estavam em cima da mesa. Só estavam as maçãs, que a gente comeu depois do treino”, explicou.

Logo em seguida, Abner justifica: “Eu vim aqui falar que esse vídeo começou com uma brincadeira, desagradável, que pega mal para todos nós: presidente, comissão e clube. E a gente veio falar que isso não é verdade. A gente comeu bem e isso foi uma brincadeira”. finalizou o porta-voz do grupo.

tomate

Num dos vídeos, atleta aparece comendo só tomates

abner

Jogadores se reuniram para dizer que vídeo foi “brincadeira desagradável”

 

Veja Também

copa solidária

Copa Solidária de basquete acontece no final de semana

Acontecerá no próximo final de semana, de sexta-feira, dia 24 de janeiro, até o domingo, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *