Na primeira prévia, Assis vacinou só 10% do que Paraguaçu contra a pólio

Os números são gritantes e merecem uma reflexão.

O que leva um município com cerca de 110 mil habitantes vacinar apenas 10% no primeiro dia de campanha contra a poliomielite e sarampo das crianças vacinadas em Paraguaçu Paulista, que contabiliza aproximadamente 45 mil moradores?

No sábado, dia 4, por volta das 13 horas, numa primeira prévia, a ‘capital regional’ Assis tinha vacinado apenas 48 crianças, enquanto o vizinho município computava 431 crianças vacinadas.

Algo de extraordinário em termos de campanha está sendo feito pelas autoridades de Saúde de Paraguaçu Paulita ou algo de muito extraordinário precisa ser feito pelas autoridades assisenses para que esse índice aumente.

Esses números comparativos foram divulgados num material distribuído à imprensa regional pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Paraguaçu Paulista com o título de: “Paraguaçu supera municípios da região no primeiro dia da campanha contra pólio e sarampo”.

Diz o texto assinado pela jornalista Silvana Paiva: “Paraguaçu Paulista superou municípios da região em número de crianças vacinadas, no primeiro dia da campanha contra poliomielite e sarampo no último dia 4. Na primeira prévia feita pelo Departamento de Saúde, às 13 horas do sábado, foram 431 crianças vacinadas, número considerado alto comparado a outros municípios da região como Ourinhos, por exemplo, que registrou até mesmo horário 191
vacinados, Assis com 48 e Cândido Mota com 156”, os números, que poderiam parecer uma provocação, são apenas dados estatísticos.

“Para o sucesso da campanha, neste primeiro dia, a diretora do Departamento de Saúde Cristiane Bonfim
informou que as 11 Unidades de Saúde de Paraguaçu Paulista permaneceram abertas durante todo o
sábado, com o envolvimento de 55 profissionais. A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Gisele
Oliveira, relatou também que a Saúde municipal teve a cooperação do Corpo de Bombeiros e da Guarda
Municipal para a realização da carreata pelas ruas da cidade com o Zé Gotinha e a Maria Gotinha”, explica a notícia.

“A Campanha Contra Pólio e Sarampo prossegue em todas as unidades de saúde até e 31 de agosto para a
população alvo na faixa etária entre 1 e 4 anos de idade. Nas ações de rotina, serão vacinadas crianças
entre 12 meses até adultos de até 29 anos de idade, com duas doses recebidas acima de um ano de idade; e
adultos com 30 anos e mais de idade e nascidos a partir de 1960, com uma dose acima de um ano de
idade”, diz o material que é concluído com um alerta: “No dia 18, haverá outro Dia D Vacinação, também um sábado, quando a vacinação ocorrerá apenas no CEM e na UBS Popular, que estarão abertos das 8 às 17 horas”, finaliza o texto da Assessoria de Paraguaçu Paulista.

DESINFORMAÇÃO – Um dos motivos pela diferença gritante nessa comparação regional de vacinação no primeiro dia da ‘Campanha Nacional contra a poliomielite e sarampo’ talvez seja a desinformação prestada pelo portal oficial da Prefeitura Municipal de Assis ao divulgar que a vacinação contra a pólio e o sarampo só teria início nesta segunda-feira, dia 6 de agosto.

Isso não condiz com a realidade.

O próprio Jornal da Segunda On Line presenciou a movimentação de pais levando seus filhos para serem vacinados na Unidade Básica de Saúde da Vila Operária, dia 4 de agosto.

A Secretaria Municipal da Saúde também confirmou que, de fato, a campanha teve início no sábado, mas apenas na Unidade Básica da Vila Operária, se estendendo às outras unidades a partir desta segunda-feira, cujos números da vacinação ainda não tinham sido contabilizados. Foi explicado que Assis tinha vacinado 48 crianças na prévia realizada às 13 horas, mas que, até o final de tarde, esse número saltou para 170.

Ninguém quis comentar ou tentar explicar o fato de o portal oficial da Prefeitura Municipal informar, de maneira equivocada, que a vacinação começaria somente nesta segunda-feira.

Diz a nota do Departamento de Comunicação: “A Prefeitura de Assis, através da Secretaria Municipal da Saúde, realiza a partir de segunda-feira, 6, até 31 de agosto, a Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite. Devem se vacinar crianças com idade entre 1 ano até 5 incompletos, ou seja, 4 anos e 11 meses.

De acordo com a enfermeira da Secretaria Municipal da Saúde, Mariana Goering, em Assis a meta é imunizar 4.332 crianças, com a intensificação da ação no sábado, 18 de agosto.

Aos adultos que não se vacinaram contra o Sarampo no período indicado, a tríplice viral é oferecida gratuitamente em duas doses até os 29 anos ou em uma dose dos 30 aos 49 anos de idade”, lembra a enfermeira.

“Para receber a dose da vacina, é necessária a apresentação da Caderneta de Vacinação. As Unidades de Saúde funcionam de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h” finaliza o texto que é acompanhado de a imagem de um bebê sendo vacinado com uso de seringa e agulha (ver abaixo).

vacinação polio Imagem reproduzida do portal da Prefeitura Municipal de Assis

Veja também

A221 – Morre o policial militar e radialista Maurão Nogueira

Morreu nesta sexta-feira, dia 19 de julho, aos 70 anos, o policial militar aposentado e …

Deixe uma resposta