Contra mudança na jornada, funcionários da Santa Casa iniciam greve por tempo indeterminado

Contrários à imposição da direção da Santa Casa de Misericórdia de Assis de alterar a jornada de trabalho de 12 horas trabalhadas e 36 horas de descanso para 7 horas e 20 minutos diárias em seis dias da semana, cerca de 80 trabalhadores da unidade hospitalar iniciaram uma greve às 7 horas da manhã dessa terça-feira, dia 3 de janeiro, por tempo indeterminado.

“Como ganham os piores salários de todas as Santas Casas do estado de São Paulo, os funcionários de Assis têm outra atividade nas horas que deveriam reservadas para folga. Se mudar a jornada, muitos perderão o emprego e terão uma redução salarial drástica. Por quê mudar um sistema de jornada de trabalho que existe desde o século passado?”, questiona o presidente do Sindicato da Saúde, Milton Sanches.

Os trabalhadores em greve estão concentrados em frente a Santa Casa e aguardam serem chamados para negociar.

greve santa casa

Trabalhadores se concentram em frente a Santa Casa

 

Veja também

A226 – Três sepultamentos em Assis neste dia 24 de julho

Há três sepultamentos programados para esta quarta-feira, dia 24 de julho, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta