Assis já contabiliza oito casos de dengue

Oficialmente Assis já contabiliza oito casos de dengue em 2.019.

A informação foi dada, com exclusividade, pelo coordenador do serviço de combate às endemias, Cícero da Mota, durante o programa ‘Acorda Assis’, na Rádio Interativa FM, na manhã desta quinta-feira, dia 14 de fevereiro.

Os apresentadores do programa cobravam providências da Prefeitura Municipal de Assis para a notificação dos proprietários de alguns terrenos existentes na rua Montes Claros, esquina com rua Nelson Marcondes, na vila Fiuza, para efetuar o serviço de capina e limpeza da área, quando uma ouvinte entrou em contato com a emissora relatando que um funcionário de uma escola nas imediações do terreno teria contraído dengue.

“Mais um funcionário da escola com dengue. Gostaria que o pessoal responsável visitasse o bairro. A escola está limpa, mas aqueles terrenos do lado, onde existem as antenas, estão com muitos frascos cheios de água e não dá para entrar lá para limpar por haver um cadeado no portão”, cobrou a ouvinte.

Mota, que acompanhava a programação radiofônica, encaminhou uma mensagem confirmando a existência dos casos de dengue na cidade, mas, segundo ele, de outras regiões: “Estamos com oito casos confirmados. Desse total, cinco estão localizados no Jardim Eldorado, dois na vila Tênis Clube e um na vila Xavier. Todos autóctones. Ou seja: contraídos na própria cidade”, relatou.

Segundo o coordenador de combate à endemias, há muitas outras pessoas notificadas com suspeitas de dengue. “Estamos aguardando o retorno dos exames que já foram encaminhados para o Instituto Adolfo Lutz. Os resultados devem chegar em cerca de dez dias”, calcula.

Sobre as ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal da Saúde, Motta disse que o setor de combate às endemias está realizando os trabalhos de bloqueio nos casos positivos, inclusive com nebulização. “Também estamos intensificando as vistorias em residências fechadas e abandonadas”, disse. Mas ele admitiu a falta de efetivo no departamento: “Temos só um agente exclusivo para realizar a demanda de denúncias, o que é insuficiente”, contou.

Para ele, a contratação dos agentes aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura Municipal deverá suprir essa dificuldade. “Assim que for homologado o concurso público e houver as contratações, iremos recompor a equipe de Endemias”, disse.

Enquanto isso, a Secretaria Municipal da Saúde continua tentando fazer o trabalho de conscientização: “Pedimos apoio à toda população para eliminar todos os recipientes que acumulam água”, apelou.

Segundo os dados coletados pela Secretaria Municipal da Saúde, 90% dos criadouros estariam concentrados no interior das residências, em pratos e vasos de plantas com água, latas e potes jogados nos quintais e terrenos. “Sem a conscientização da população, não conseguiremos combater o Aedes Aegypti”, finalizou Cícero da Motta.

 

combate a dengue

Secretaria intensificou o trabalho no combate à dengue

Assessoria S.M.S.

Veja também

A124 – Sepultamentos em Assis neste dia 22 de maio

Há dois sepultamentos programados para esta quarta-feira, dia 22 de maio, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta