A111 – Vereador pede cancelamento de torneio de pesca após derramamento de esgoto em lago

Na manhã de quinta- feira, dia 16 de maio, atendendo solicitação de moradores da vila Progresso e populares que passaram pela avenida Getúlio Vargas, o vereador Fabinho ‘Alerta Verbal’, do PSD, gravou imagens do esgoto chegando ao lago do Parque Ecológico Francisco Antunes Ribeiro, o ‘Chiquito Antunes’, na Água da Porca.

Vereador mostra esgoto caindo no lago

Diante do flagrante, o parlamentar exibiu as imagens do esgoto chegando ao lago e pediu que a Prefeitura de Assis cancele um torneio de pesca programado para este sábado, dia 18 de maio.

O risco maior, além da poluição ambiental, segundo o vereador Fabinho, é a população consumir os peixes da água ‘provavelmente contaminada’.

Horas após a publicação de um vídeo mostrando o esgoto caindo na Água da Porca, em entrevista ao portal de notícias Assiscity, a secretária do Meio Ambiente, Ana Paula Rodrigues, disse que “monitora a qualidade da água periodicamente e que, até o momento, não há indícios de que o vazamento tenha afetado a qualidade da água”.

Segundo ela, no local acontece a prática de pesca esportiva e os peixes são devolvidos à água após serem capturados. “Temos placas no local informando que a pesca esportiva é a única permitida no lago”, enfatizou.

CONTRADIÇÃO – Apesar de a secretária informar que apenas a pesca esportiva é permitida no local, essa não parece ser a realidade.

O próprio prefeito José Fernandes, durante a primeira soltura de peixes na Água da Porca, disse que seria uma opção de consumo na Semana Santa.

O fato de a Prefeitura, junto com a iniciativa privada, soltar milhares de peixes periodicamente no lago é outra evidência de que os peixes não têm sido devolvidos à água após serem capturados.

COMPRA DE PEIXES – Está publicado no portal Transparência da Prefeitura de Assis (foto abaixo) o resultado do processo de compra de mais 700 quilos da espécie pacu para realização do Torneio de Pesca, que acontecerá no Parque Ecológico Francisco Antunes Ribeiro, na Água da Porca, neste sábado, dia 18 de maio.

De acordo com a publicação, cada quilo do peixe custou R$ 14,90 e a Prefeitura de Assis gastou, no total, R$ 10.430,00 junto à empresa J. J. Paiva Neto & Cia Ltda ‘Pesqueiro Esmeralda’, de Paraguaçu.

A empresa fornecedora também doou 15 peixes ‘gigantes’, segundo vídeo publicado nas redes sociais pelo prefeito José Fernandes e por sua secretária de Meio Ambiente, Ana Paula Rodrigues.

Documento mostra compra de peixes

Veja também

A156 – Coral da Unesp faz apresentação beneficente no Salão de Atos nesta sexta-feira

O Comitê de Ação Cultural e o Coral da Multiplicidade da Unesp de Assis convidam …

Deixe uma resposta