Com Ernesto Nóbile estreando na vaga de Pavão, Câmara realiza sessão nesta sexta-feira

Independente do resultado das votações, a sessão extraordinária da Câmara Municipal de Assis, na manhã desta sexta-feira, dia 25 de janeiro, será histórica.

Por dois motivos.

O primeiro, por ser a primeira reunião comandada pelo novo presidente Alexandre Cobra Nicolielo Vêncio, o “Cachorrão”.

O segundo, por ser a primeira -e talvez última- sessão em que o suplente Ernesto Benedito Nóbile ocupará a cadeira do titular Nilson “Pavão”, que está internado numa clínica de recuperação para dependentes químicos e afastado por licença médica.

Como a licença médica termina exatamente nesta sexta-feira, dia 25, na primeira sessão ordinária, ele já deverá estar de volta.

Isso, se não houver nenhuma tentativa judicial de Nóbile para continuar no cargo ou ele voltar a ser internado.

Na sessão extraordinária desta sexta-feira, dia 25, convocada pelo prefeito José Fernandes, os vereadores analisarão e votarão três projetos.

O primeiro deles abre um crédito adicional especial no valor R$ 15.000.000,00 junto à Secretaria Municipal de Planejamento, Obras e Serviços. Segundo a justificativa do autor, o valor é decorrente de financiamento efetuado junto à Caixa Econômica Federal. Do total, R$ 10 milhões serão empregados em pavimentação asfáltica, R$ 2 milhões na recuperação e desassoreamento do Parque Ecológico ao lado do Terminal Rodoviário e o restante em aquisição de máquinas e equipamentos.

A segunda matéria “dispõe sobre a Revisão Geral Anual dos vencimentos dos servidores municipais”. Em resumo, o projeto prevê a reposição salarial de 3.86%, correspondentes à inflação no período do último ano, segundo dados oficiais. A reposição é extensiva aos servidores aposentados e pensionistas da Prefeitura Municipal de Assis. A medida entra em vigor a partir do dia primeiro de fevereiro.

Por fim, o terceiro projeto a ser discutido e votado “dispõe sobre a abertura de crédito adicional especial no valor R$ 1.000.000,00 junto a Secretaria Municipal de Saúde”. Esse valor será repassado à Santa Casa de Misericórdia de Assis.

Como se trata de sessão extraordinária, não pode haver adiamento de propositura.

A sessão está marcada para ter início às 9 horas.

Há anos, os vereadores não recebem nenhum tipo de acréscimo ao seu subsídio ou bonificação pela participação em sessão extraordinária.

Atualmente, o subsídio dos vereadores da Câmara Municipal de Assis é de R$ 5.184,42, enquanto o presidente da Câmara recebe R$ 5.732,50.

A sessão da Câmara Municipal de Assis é transmitida, ao vivo, pela TV Câmara, que pode ser sintonizada no canal 31,3.

ernesto empossado

Ernesto, empossado, estreará na Câmara

Veja também

A132 – URGENTE – Acidente com vítima fatal no centro da cidade

Mais um acidente de trânsito com vítima fatal. Desta vez no centro de Assis, na …

Deixe uma resposta