Após homicídio em restaurante, acusado é morto em troca de tiros com a PM

A terça-feira, dia 15 de março, foi marcada por muita violência e duas mortes em dois municípios do Vale Paranapanema.

No início da tarde, um egresso do sistema prisional foi executado com vários tiros, na frente da esposa e filhos, quando a família estava em restaurante, à margem da rodovia Manillio Gobi, em Paraguaçu Paulista.

Horas depois, um dos ocupantes do carro que fugiu após o crime, morreu na troca de tiros com policiais militares, na cidade de Maracaí.

Outras duas pessoas que estavam no mesmo veículo conseguiram fugir, apesar do patrulhamento realizado pela Polícia Militar, que contou com apoio da Força Tática da Companhia de Assis e o helicóptero Águia, do Batalhão de Presidente Prudente.

O homem executado em Paraguaçu Paulista foi identificado por Reginaldo Cardoso da Silva, de 42 anos, que seguia com a família para Jacareí. Ele estaria sendo beneficiado pela saída temporária do sistema prisional.

A vítima que morreu no confronto com a Polícia Militar em Maracaí não portava documentos e não havia sido identificada até a manhã desta quarta-feira.

Os dois corpos foram removidos ao Instituto Médico Legal de Assis onde foram submetidos ao exame necroscópico antes da liberação para velório e sepultamento.

Os crimes serão investigados pela Polícia Civil.

16 março crime

Local onde homem foi executado em Paraguaçu Paulista

Imagem: The Brothers

 

 

Check Also

A037 – Sepultamentos em Assis neste dia 14 de abril

Há três sepultamentos programados para esta domingo, dia 14 de abril, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta