Home / CIDADE / Amigos pedem doação de sangue ao ‘decano’ advogado Roldão Valverde
16 junho roldão

Amigos pedem doação de sangue ao ‘decano’ advogado Roldão Valverde

Advogados da Comarca de Assis iniciaram uma campanha de doação de sangue em nome do ‘decano’ advogado criminalista Roldão Valverde, de 86 anos de idade, que encontra-se internado na Santa Casa de Misericórdia de Assis com ‘hemorragia’.

Apesar de o sangue do advogado ser O+, as doações podem ser de outros tipos: “Nesse momento de pandemia, o Hemonúcleo do Hospital Regional de Assis precisa reforçar o seu estoque de sangue e todo ato de doação será muito importante”, explicam.

O Banco de Sangue do Hospital Regional de Assis funciona das 7 às 12 horas, de segunda a sexta-feira, e o acesso é pela rua Barão do Rio Branco, ao lado da Maternidade Nossa Senhora das Vitórias.

REQUISITOS – Para ser um doador de sangue, explica a Santa Casa de Assis, onde Roldão Valverde está internado, é necessário: ter entre 18 e 65 anos; estar em boas condições de saúde; pesar no mínimo 50 quilos; estar bem alimentado; apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho ou CNH).

Alguns motivos que impedem, temporariamente, a doação de sangue: resfriado (neste caso aguarde 7 dias após desaparecimento dos sintomas); gestante; parturiente: (neste caso deve aguardar 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana); amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses); ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação; ter realizado tatuagem nos últimos 12 meses.

Não podem doar: com antecedentes de hepatite, evidência clínica ou laboratorial de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas, usuários de ilícitas injetáveis ou pessoas infectadas por malária.

Homens podem doar sangue até quatro vezes no ano, respeitando intervalos de 60 dias, as mulheres podem doar três vezes ao ano, com intervalo de 90 dias.

REFLEXÃO – Antes de ser internado, o advogado e escritor Roldão Valverde publicou um texto nas redes sociais com o título: “Reflexão sobre o mês de junho”. Leia:

Roldão, aos 86 anos, continua trabalhando normalmente na advocacia, fazendo Juris, e atendendo sua clientela. A maior religião do mundo, chama-se trabalho, quem trabalha não peca.O trabalho é vida.

Justiça pode irritar porque é precária, mas a verdade, jamais se impacienta, porque é eterna. (Rui Barbosa) Que  vantagem têm os mentirosos a de não serem acreditados quando dizem a verdade.

Não subestimem a força de quem passou pelos desertos da vida, e enfrentou tempestades. Você nem pode imaginar a  resistência que essa pessoa tem, e nem o tamanho de sua fé.

Na atualidade, a Justiça foi posta de lado, a verdade anda tropeçando no Tribunal e a honestidade não consegue chegar lá.

A verdade desapareceu, e os que procuram ser honestos são perseguidos.Alimente um cão por três dias e ele lembrará de você por 30 anos.

Alimente um ser humano por 30 anos, e certamente ele lhe esquecerá com três dias.

As pessoas que cuidam da vida alheia, certamente é para compensar a frustração de suas vidas fúteis.

A morte deixa uma dor que ninguém pode curar. Mas o amor deixa memórias que ninguém poderá apagar.

Produzir um sorriso, é multiplicar a felicidade de quem o acompanha.

Seja humilde para admitir seus erros, inteligente para aprender com eles, e maduro para corrigi-los.  

Por mais inteligente que alguém possa ser, se for humilde, o seu melhor perderá pela arrogância“.

16 junho roldão

Roldão Valverde está internado na Santa Casa de Assis

Veja Também

1187 conferencia

Conferência ouve propostas na Vila Operária para melhorar saúde

Chegou o momento de ouvir propostas da população usuária da Unidade Básica de Saúde da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *