Home / DESTAQUE / Sem Paraíba, VOCEM tenta reabilitação em Catanduva no ‘clássico dos padres’
catanduva x vocem

Sem Paraíba, VOCEM tenta reabilitação em Catanduva no ‘clássico dos padres’

O ‘Esquadrão da Fé’ não poderá contar com o atacante Erivan ‘Paraíba’ no ‘confronto dos padres’, como está sendo chamado o jogo entre VOCEM e Catanduva, na tarde deste sábado, 15 horas, no estádio municipal Silvio Salles, em Catanduva.

O time de Assis, que perdeu para o Fernandópolis no estádio Tonicão por 2 a 1, esperava contar com o novo reforço para tentar a reabilitação em Catanduva, mas o centroavante, apresentado na terça-feira, não teve sua documentação regularizada na Federação Paulista de Futebol.

A delegação mariana viajou no início da noite desta sexta-feira já sabendo que não terá o atacante. “Esperamos até às 19 horas, mas infelizmente não deu certo”, contou o diretor Lauro Valim.

Sem ‘Paraíba’, o técnico Carlinhos Alves tem cinco opções para escolher o trio de ataque: Mococa, China, Gileard, Jackson e Igor Potiguar brigam pelas três vagas. “Vou definir no vestiário”, disse o treinador.

Se não surgir nenhum problema de última hora, o VOCEM deve entrar em campo com Gabriel Jesus; Gustavo, Bruno, Ramon e Luan Bahia; Matheus Silva, Vilson e Felipe Salatiel. Só o ataque está indefinido.

O confronto entre VOCEM e Catanduva está sendo chamado de ‘clássico dos padres’ em razão de os dois clubes terem sido fundados por líderes católicos. Em julho de 1954, padre Aloísio Beline fundou o ‘Esquadrão da Fé’, em Assis. Em 2.016, o padre Osvaldo criou o “Santo” em Catanduva.

ADVERSÁRIO – Assim como Assis, a cidade de Catanduva também tem dois clubes na Segunda Divisão. O Catanduva, criado há três anos, é dissidente do tradicional Grêmio Catanduvense, fundado na década de 50.

Sua principal atração está no banco de reservas, fora do gramado. O técnico Olímpio Batista, o ‘Pinho’, de 74 anos, conhecido pela série de acessos alcançados na carreira, foi contratado depois de uma passagem frustrante pelo Bandeirante de Birigui, no início da temporada. No time do padre, Pinho substituiu o também experiente José Macena.

O Catanduva terminou a primeira fase na segunda colocação do Grupo 2, com 20 pontos alcançados em 12 jogos disputados. Foram cinco vitórias, cinco empates e duas derrotas. O time marcou 19 gols e sofreu 13. O principal artilheiro é Vinícius, com cinco gols comemorados.

No último jogo da fase inicial, os comandados do técnico Pinho surpreenderam ao golear a Francana por 5 a 1, no estádio Silvio Sales. Vinícius marcou dois gols. Rodrigo, Leonardo e Daniel completaram o placar. O público foi pequeno: pouco mais de 200 pagantes proporcionaram uma arrecadação de R$ 1.785,00.

Na abertura da segunda fase, o Catanduva foi até a cidade de Itapira e conseguiu arrancar um ponto, num empate sem gols. Naquela partida, o técnico Pinho escalou Daniel; Rafael, Leonardo, Gabriel e Bruno; João Paulo, Luiz Fernando e Ângelo; Léo, Everton e Vinícius. Entraram no jogo: Cristian, Gil e Caio.

ARBITRAGEM – Para apitar o ‘clássico dos padres’, a Federação Paulista de Futebol escalou como árbitro principal no estádio Sílvio Salles o professor Alester Clauli da Costa Tambelli, de 30 anos, que apitou a derrota do Assisense diante do Andradina no sábado, dia 6, no estádio Tonicão. Ele expulsou o meio-campista Rafinha Basso na derrota do ‘Falcão do Vale’ por 2 a 0.

Os assistentes serão Ademilson Lopes da Silva Filho, de 32 anos, e Leandro Fernandes Rodrigues, de 36.

catanduva x vocem

Catanduva e VOCEM se enfrentam neste sábado, às 15 horas

 

Veja Também

luto

Quatro sepultamentos em Assis nesta sexta-feira, dia 19 de julho

Há quatro sepultamentos programados para esta quinta-feira, dia 19 de julho, no Cemitério Municipal da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *