Home / CIDADE / Santa Casa se manifesta a respeito da morte de menina de oito anos

Santa Casa se manifesta a respeito da morte de menina de oito anos

Atendendo solicitação feita pelo Jornal da Segunda, a respeito da morte de uma menina de oito anos, ocorrida na tarde desta segunda-feira, dia 18 de abril, a Santa Casa de Misericórdia emitiu a seguinte nota:

NOTA SANTA CASA DE ASSIS

“Referente a solicitação de informações sobre a paciente Gabrielly Vitoria de Almeida da Silva, a Santa Casa de Assis se solidariza ao momento de luto familiar e esclarece que:

• A paciente foi transferida da UPA para a Santa Casa de Assis na segunda-feira (18), sendo recebida na instituição às 9h55. Assim que internada, foi prontamente avaliada pela equipe médica da Pediatria de Plantão.

• Durante as poucas horas que permaneceu hospitalizada, a paciente recebeu assistência médica e de Enfermagem, sendo realizados exames laboratoriais e as condutas iniciais de assistência.

• Próximo das 12h a paciente teve um agravamento, sendo transferida imediatamente para a sala de estabilização, e socorrida por quatro médicos Pediatras e por três médicos clínicos e pela equipe de enfermagem do Pronto Atendimento;

• A Diretoria e a Equipe Assistencial solicitaram à família as providências necessárias para a realização da Autópsia, visto que não houve tempo hábil para o fechamento de um diagnóstico, pois a paciente esteve apenas por aproximadamente duas horas sob os cuidados da Santa Casa de Assis.

Assim, para o total esclarecimento do óbito, a Instituição recomendou e orientou a família a viabilizar a realização da Autópsia, fato que, devido aos trâmites legais relacionados a este procedimento, acarretou na demora na liberação do corpo para a família.

A Santa Casa de Assis reafirma seu compromisso com atendimento de qualidade e humanizado para todos.”

santa casa

Veja Também

23 junho manifestação

Com corredor de velas, alunos recepcionarão conselheiros da FEMA

O presidente do Conselho Curador da FEMA, Arildo José de Almeida, e os conselheiros da ...

Deixe uma resposta