Home / DESTAQUE / Pré-candidato a deputado, Ricardo Pinheiro deixará o PSDB
20 jan ricardo

Pré-candidato a deputado, Ricardo Pinheiro deixará o PSDB

O ex-prefeito de Assis Ricardo Pinheiro Santana, de 44 anos, deve anunciar, nos próximos dias, sua saída do PSDB, legenda onde foi eleito vereador em 2.008 e prefeito em 2012. Sentindo-se ‘traído’ pela cúpula tucana estadual no processo de intervenção no diretório municipal de Assis nas eleições deste ano, Pinheiro também está deixando o importante cargo de subsecretário no Palácio dos Bandeirantes, na Secretaria de Desenvolvimento Regional.

O futuro político de Ricardo Pinheiro está entre o DEM e o PSD, mas, segundo amigos do ex-prefeito, está quase certo dele ancorar no Democratas, partido capitaneado pelo vice-governador Rodrigo Garcia, principal interessado na sucessão de Dória no Palácio dos Bandeirantes.

Nem mesmo o ex-deputado Pedro Tobias conseguiu convencer Pinheiro a permanecer no ninho tucano ‘para enfrentar o grupo de Dória’. Tobias, desafeto declarado do governador paulista João Dória, defende que o PSDB tenha candidato ao Palácio dos Bandeirantes: “Agora, Dória insinua que o nosso PSDB não terá candidato próprio ao governo paulista por causa do seu projeto pessoal à Presidência da República. Nossa militância tucana não permitirá essa ingratidão. E nós já temos o nome à sucessão em SP : o sempre governador Geraldo Alckmin”, escreveu Tobias em sua rede social.

Tobias telefonou para Ricardo Pinheiro nesta sexta-feira pedindo para que ele permaneça na legenda, mas não teve sucesso. A principal mágoa de Pinheiro dentro da legenda está concentrada no deputado estadual Mauro Bragatto. Numa mensagem pelo celular, Pinheiro disse palavras impublicáveis ao deputado prudentino, que sequer respondeu.

DEPUTADO – Os dois anos no cargo em São Paulo, onde atendeu centenas de prefeitos, e os cerca de 15 mil votos que obteve em Assis, mesmo não tendo sido reeleito em 2.016, estão na base do cálculo eleitoral de Ricardo Pinheiro para ele tentar ser eleito deputado estadual em 2.022.

Em 2.018, o deputado estadual eleito pelo DEM com a menor votação foi Estevão Galvão, que recebeu 59.548 votos.

Ou seja, essa meta inicial a ser alcançada por Ricardo Pinheiro para conseguir uma cadeira.

Essa pretensão de buscar uma candidatura na Assembleia Legislativa não é novidade.

Antes mesmo das eleições municipais de 2020, Pinheiro se reuniu com o delegado Fernando Quinteiro para lhe garantir apoio e antecipou que esperava reciprocidade eleitoral em 2.022.

Passada a eleição e ainda sob o efeito da derrota nas urnas, Quinteiro já teria sinalizado pessoalmente a Pinheiro que não pretende ser candidato a deputado estadual em 2.022 e que deve apoiá-lo.

‘Desempregado’ no Palácio dos Bandeirantes, o ex-prefeito Pinheiro já começou a se dedicar à campanha, visitando empresários e aliados em Assis e região.

 

20 jan ricardo

Ricardo Pinheiro deixará o PSDB

 

Veja Também

09 agosto assisense

Lukaku marca seu quinto gol, mas Assisense leva virada no Tonicão e perde 3ª posição

O Clube Atlético Assisense perdeu o “jogo do ano” e a terceira vaga do Grupo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *