Home / DESTAQUE / Polícia Rodoviária apreende mais de duas toneladas de maconha em dois veículos do Paraguai

Polícia Rodoviária apreende mais de duas toneladas de maconha em dois veículos do Paraguai

Mais duas grandes apreensões de drogas, que estavam em veículos com placas do Paraguai trafegando em estradas da região de Assis, foram efetuadas pela Polícia Militar Rodoviária nas últimas horas.

Nas duas ocorrências foram apreendidas mais de duas toneladas de maconha.

MARÍLIA – No início da tarde desta terça-feira, dia 24 maio, no Km 322 da SP-333, rodovia  ‘Dona Leonor Mendes de Barros’, em Marília, foram apreendidos 2.160 tabletes de maconha, que pesaram aproximadamente 2.381 quilos.

A droga estava escondida no fundo falso de uma carreta Scânia, placas do Paraguai, conduzida por um motorista paraguaio de 29 anos, que recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado para a cadeia de Marília, onde permanece à disposição da Justiça.

A maconha seria entregue na cidade de Uberaba, em Minas Gerais.

FLORÍNEA – No início da manhã desta quarta-feira, dia 25, no Km 450 da SP-333, trecho denominado ‘Miguel Jubran’, em Florínea, a equipe do Tático Ostensivo Rodoviário abordou um Hyundai, Tucson, com placas do Paraguai.

Durante a vistoria no veículo, os policiais descobriram um fundo falso no painel, onde estavam acondicionados vários tabletes de maconha. A quantidade e o peso da droga ainda não foram confirmados.

No carro, além do motorista, uma paraguaia de 21 anos, estava uma brasileira de 22 anos.

As duas jovens receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhadas à Central de Polícia Judiciária de Assis, onde serão interrogadas, antes de serem encaminhadas a uma cadeia da região.

25 maio scania

Caminhão com mais de duas toneladas de maconha

25 maio droga

Apreensão em Florínea nesta quarta-feira

Imagens: Polícia Rodoviária

 

Veja Também

23 junho manifestação

Com corredor de velas, alunos recepcionarão conselheiros da FEMA

O presidente do Conselho Curador da FEMA, Arildo José de Almeida, e os conselheiros da ...

Deixe uma resposta