Home / CIDADE / Moradores encontram cobra e cobram Prefeitura por limpeza

Moradores encontram cobra e cobram Prefeitura por limpeza

Na segunda-feira, dia 9, um casal residente na rua José Zimmerman, proximidades da rua João Corintiano, no condomínio Danuza, próximo ao Conjunto Habitacional Assis III, teve uma inesperada e indesejada visita.

Uma cobra, da espécie jararaca, foi encontrada na garagem da casa.

Por sorte, a moradora, Bernadete Muniz, que tem deficiência visual e pouco consegue enxergar, não estava sentada em sua cadeira na área, como sempre costuma estar.

O pequeno cachorrinho da família, que atende pelo nome de ‘Batatinha’, viu o réptil e começou a latir sem parar.

Um vizinho teria se aproximado e, percebendo o perigo, arrastou a cobra com um cabo de vassoura para o meio da rua.

Logo depois, uns meninos que soltavam pipa num terreno baldio, amedrontados, arremessaram um pedaço de tijolo, matando o bicho.

Quando o marido da moradora chegou do serviço, encontrou a cobra morta e foi informado que ela teria entrado na garagem de sua casa, vindo do terreno abandonado, que fica entre o muro do quintal de sua propriedade e o córrego Fortuninha, entrou em desespero, exigindo providências.

No início da manhã desta terça-feira, a moradora Bernadete decidiu telefonar na Rádio Interativa FM e participar do programa ‘Acorda Assis’ para reclamar.

“A Prefeitura encontra nossa casa todo ano para entregar o carnê de IPTU, mas nunca manda uma equipe limpar esse terreno, que a gente não sabe quem é o dono”, protestou.

Segundo ela, foi a terceira cobra da mesma espécie que teria entrado em casa. “Por sorte, nunca fui picada”, agradece a Deus.

O marido complementa, reclamando ser comum a invasão de escorpiões e outros bichos peçonhentos vindo do mesmo terreno, em direção à sua casa.

“Alguém precisa tomar uma providência, urgentemente”, cobram os moradores.
Há poucos metros dali, onde termina o asfalto da rua João Corintiano, os próprios vizinhos capinam a guia de sarjeta e deixam o mato acumulado, secando à espera de ser recolhido pela Prefeitura, “que nunca passa”, reclamam.

Solicitada pelos moradores, a reportagem do Jornal da Segunda encaminhará uma solicitação ao Departamento de Limpeza Pública, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, para que vá a até o local e providencie a remoção do mato capinado no final da rua João Corintiano e a limpeza da área vizinha à residência do casal Bernadete e Marcelo, onde foram encontrados cobras e escorpiões.

10 dez marcelo

Morador mostra o terreno de vizinho à sua residência

Veja Também

luto

Dois sepultamentos em Assis neste domingo, dia 9 de agosto

Há dois sepultamentos programados para este domingo, dia 9 de agosto, no Cemitério Municipal da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *