Home / CIDADE / Caminhoneiro é detido em Assis com 400 mil maços de cigarros do Paraguai

Caminhoneiro é detido em Assis com 400 mil maços de cigarros do Paraguai

Um caminhoneiro de 30 anos de idade foi detido pela Polícia Militar Rodoviária na noite deste domingo, dia 5 de maio, em Assis.

Segundo informações de policiais do 1º Pelotão da 3ª Companhia de Policiamento Rodoviário, a apreensão aconteceu por volta das 21 horas, quando um caminhão Scânia, azul, placas de Guaíra-PR, saiu do perímetro urbano de Assis e foi abordado no KM 438 da rodovia Raposo Tavares, próximo à Base Operacional.

A suspeita dos policiais era que o motorista tenha, propositalmente, entrado na cidade para desviar da base operacional e evitar a abordagem.

A estratégia não deu certo.

Abordado, o caminhoneiro E.S. da S., morador em Umuarama-PR, confessou estar transportando uma carga com 800 caixas de cigarros, totalizando 400 mil maços do produto vindo do Paraguai. Para despistar os policiais, ele chegou a exibir uma Nota Fiscal falsa.

Flagrado, o motorista admitiu ter desviado da Base Operacional para tentar fugir da fiscalização e confessou ter sido contratado para assumir o volante do caminhão em Londrina-PR e entregar a carga em São José dos Campos/SP, onde receberia R$ 2 mil “pelo serviço”.

O caminhoneiro foi detido e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Marília, onde a ocorrência foi registrada. O delegado de plantão ratificou a voz de prisão em flagrante, determinando que o autor do crime de contrabando fosse conduzido à Cadeia Pública daquela cidade, onde deveria aguardar por audiência de custódia.

O caminhão e a carga foram lacrados pelos policiais rodoviários para contagem e conferência antes de serem apreendidos pela Polícia Federal.

cigarro 05 de maio

O caminhão e a carga foram apreendidos pela Polícia Rodoviária

Imagem: PMR

Veja Também

luto

Quatro sepultamentos em Assis nesta sexta-feira, dia 19 de julho

Há quatro sepultamentos programados para esta quinta-feira, dia 19 de julho, no Cemitério Municipal da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *